URGENTE

Mala deixada em frente ao Planalto tinha apenas roupas

Mala deixada em frente ao Planalto tinha apenas roupas

Uma mala esquecida em frente ao estacionamento do Palácio do Planalto mobilizou a segurança da Presidência da República e o esquadrão antibombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal na noite desta quinta-feira, 26. A mala foi deixada no local por volta das 18 horas. Populares que esperavam ônibus nas redondezas estranharam a presença do objeto e chamaram a polícia.

A mala foi aberta por volta das 21h30, após o Bope descartar a presença de explosivos com o uso de um aparelho de raio x. Constatou-se então que havia apenas roupas de criança e de adulto na mala. Mais tarde, a polícia apurou que o dono esqueceu a bagagem antes de seguir para o aeroporto em um carro da Uber. Ele poderá recuperá-la na 5ª Delegacia de Polícia do DF.

A Polícia Militar chegou ao local por volta das 19h30 e o pessoal do esquadrão de bombas, pouco depois das 20 horas. O trânsito foi interrompido no sentido Palácio do Planalto-rodoviária. Pelo menos 50 homens da PM e do Corpo de Bombeiros e dez viaturas foram deslocados para o local. A segurança do Planalto também foi reforçada.

Todo o protocolo de detecção de objetos não identificados foi seguido, antes da abertura da mala. Com a área toda isolada, um robô foi acionado para tentar levá-la para um local mais afastado, onde estava um aparelho móvel de raio x que identificaria se havia ou não explosivos nela. O robô, no entanto, deixou a bagagem cair. Um militar com uma roupa especial foi então acionado para posicionar a mala junto ao raio x.

O sargento Pedro Henrique, do Bope, disse que, “por tratar-se de uma área de segurança, achamos melhor realizar todos os procedimentos e descartar qualquer possibilidade de perigo”.

O procedimento foi realizado após a presidente em exercício, ministra Cármen Lúcia, ter deixado o Planalto. Com informações do Estadão Conteúdo.


Nenhum comentário