URGENTE

13 fotos que retratam os horrores do trabalho infantil no século passado



O fotógrafo e sociólogo norte-americano Lewis Hine fez, em 1908, um ensaio fotográfico mostrando as mazelas sofridas por crianças em trabalhos pesados. A lei dos Estados Unidos que proibiu o trabalho infantil só entrou em vigor em 1938, após intensas denúncias como as feitas por Hine. Confira alguns de seus registros:

1. Giles Edmund Newson tinha apenas 11 anos quando sofreu um acidente em um moinho e perdeu dois dedos da mão direita



2. Rosie, de 7 anos, trabalhava o dia inteiro limpando ostras. Já era seu segundo ano fazendo esse serviço, que a impedia de ir à escola



3. Crianças entregando jornais eram comuns naquela época, mas, como se tratava de um trabalho que precisava ser feito muito cedo, algumas não resistiam ao sono



4. Ferris, de 7 anos, era um dos entregadores de jornal de Mobile, no Alabama, em meados da primeira década dos anos 1900



5. Callie Campbell, de 11 anos, catava até 50 kg de algodão por dia



6. Mary, de 4 anos, abria ostras quando não estava cuidando do irmão mais novo



7. Vance, de 15 anos, ganhava US$ 0,75 por dia para trabalhar mais de 10 horas diárias apenas abrindo e fechando a porta de uma mina de carvão



8. Intervalo para almoço em uma mina de carvão repleta de garotos



9. Se a altura atrapalhava a execução do trabalho, as crianças improvisavam e arriscavam a própria vida



10. Frank perdeu as duas pernas após ser atropelado por um carrinho de carvão pouco antes de completar 15 anos de idade



11. Aos 5 anos, Harold Walker já trabalhava em plantações de algodão



12. Jennie Camillo trabalhava catando cranberries aos 8 anos de idade



13. Garotos trabalhavam até altas horas da madrugada recolocando pinos de boliche



Fonte: Mega curioso

Nenhum comentário