URGENTE

NOTA DE REPÚDIO - Câmara Municipal de Porto Velho


NOTA DE REPÚDIO

A Câmara Municipal de Porto Velho vem a público emitir nota de repúdio em função da aprovação de um novo reajuste na tarifa de energia elétrica em 27,12%, na conta de energia dos cidadãos do Estado.

A Energisa, empresa responsável pela distribuição de energia em Rondônia, anunciou que o aumento é devido ao pagamento de dívidas acumuladas com a compra ao longo de dois anos.
A Eletrobrás foi privatizada, e a empresa que comprou, assumiu o serviço de distribuição de energia em Rondônia este ano, e já chega ao Estado trazendo o referido aumento, causando um prejuízo enorme ao bolso da população. 

Esta Casa Legislativa entende que não é justo com os rondonienses, após um ano tão difícil, serem surpreendidos com um reajuste tão expressivo e descabido. 

Rondônia não pode arcar com todo histórico de déficit de tarifas da noite para o dia, um aumento de 27,12% causa um grande transtorno tanto para o ramo empresarial, quanto as nossas residências, interferindo de forma prejudicial a renda do trabalhador. 

O Estado é gerador e distribuidor de energia, fornecemos energia para diversos lugares do País, abrigamos diversas hidrelétricas com a finalidade de gerar energia capaz de ter um País mais rico em energia, e acabamos arcando com uma das contas de energia mais caras do Brasil. 

Esta casa legislativa vem desta forma, repudiar tamanho absurdo, demonstrando indignação com a falta de respeito perante o Estado. 

Desta forma, encaminharemos a referida nota à nossa Bancada Federal, para que busquem medidas necessárias para redução dessas tarifas, bem como a criação de Projeto de Lei Federal que reduza a tarifa de energia elétrica de Estados geradores de energia.

Porto Velho, 12 de dezembro de 2018.

Mauricio Carvalho Presidente da Câmara Municipal Porto Velho/Rondônia

Nenhum comentário