URGENTE

‘CUTUCADA NO ANUS’: VIZINHO ACREDITAVA EM FEITIÇARIA E DESTRÓI CASA DE CANDOMBLÉ



Ele chegou a dizer à polícia que achava que os vizinhos o haviam enfeitiçado



Mato Grosso - Um homem de 40 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (26) depois de invadir a casa de um vizinho, destruir tudo e se justificar dizendo não aguentar mais ouvir e ver a prática de Candomblé no local.

O caso aconteceu no Bairro Tijucal, em Cuiabá, por volta das 03h10. Conforme o boletim de ocorrência, o vizinho entrou na casa sem permissão e começou a atirar pedras em toda a residência.


Ele causou danos em diversas partes da casa e em muitos objetos, incluindo no veículo dos proprietários da casa.

Ele chegou a ir embora, mas logo retornou com um podão (objeto semelhante a um facão) e começou a ameaçar todas as pessoas que estavam no local, proprietários e visitantes.

A Polícia Militar foi acionada e, ao questionar o motivo da ação do suspeito, ele alegou não suportar mais ficar escutando e visualizando a prática religiosa de seus vizinhos, praticantes do Candomblé.

“Ainda dizia que sentia cutucadas na região do ânus e acreditava que era feitiçaria vinda de seus vizinhos”, consta no boletim de ocorrência.

O suspeito e as vítimas foram encaminhadas para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde o caso foi registrado como ameça, dano, violação de domicílio, pertubação do trabalho ou sossego alheios e praticar, induzir, ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, ou procedência nacional.


Fonte: 015 - Olivre/Karina Cabral

Nenhum comentário